Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.

Home  ›  Central de Vendas  ›  Dicas para comprar um imóvel

Acerte na compra

A GS faz tudo pela sua satisfação na hora de comprar seu imóvel. Por isso, selecionamos algumas dicas valiosas para você consultar e fazer o melhor negócio. Confira!

Seguro Imobiliário

Teoricamente, o seguro imobiliário deve garantir o pagamento das prestações e a entrega do imóvel no prazo e nas condições acertadas – uma das tentativas de, tanto o comprador quanto a empresa vendedora, se protegerem de possíveis desvios do contrato (por exemplo, a inadimplência de um ou a falência do outro), aqui na GS você tem essa opção.

Verifique a boa fama da empresa seguradora no mercado e se ela não tem relação com o grupo econômico da incorporadora. Leia com atenção as cláusulas do contrato para verificar o que ele realmente cobre e a quem beneficia. Se o beneficiário do seguro é o comprador, não a construtora ou a incorporadora – se a incorporadora aparecer como segurada, ela é que terá direito de receber indenização no caso de a construtora (que ela mesma contratou) atrasar a realização da obra.

Memorial de Descritivo

Antes de iniciar a venda das unidades, o incorporador deve ter arquivado o memorial descritivo no Registro de Imóveis do seu município. O memorial é anexado aos contratos de compra e venda na planta e em construção e descreve o que está sendo comprado, seguindo as especificações da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Nele, devem constar: a metragem da área útil e de uso comum, a localização da vaga na garagem, os acabamentos e sua qualidade com a especificação de fabricantes ou marca dos materiais, prazo de conclusão das obras.

Esteja sempre informado

Certifique-se da idoneidade de uma administradora ligando para a linha gratuita do Banco Central (0880-99-23-45), órgão responsável pela fiscalização das administradoras.

Você também pode obter informações sobre as administradoras com as delegacias regionais da Associação Brasileira das Administradoras de Consórcio (Abac), entidade que reúne as administradoras legalizadas.

Outra alternativa é consultar os cadastros dos órgãos de defesa do consumidor, como o Procon.

Checklist do imóvel antigo

O melhor em se comprar um imóvel antigo diz respeito ao tamanho, muitas vezes maior do que os mais novos. No entanto, para evitar dores de cabeça, antes de decidir pela compra, cheque:

  • ocorrência de fungos e mofo, nocivos à saúde e ao conforto dos moradores;
  • presença de cupim ou brocas nos móveis embutidos, portas, portais e janelas de madeira (exigirá a desculpinização destes antes da mudança);
  • se a manutenção, ou até mesmo a troca, dos pisos de madeira seria conveniente para você, caso necessário;
  • se há infiltrações abaixo das janelas e portas (que demandam melhoras na vedação) ou outras partes da parede, batendo levemente para saber se há som oco. Se as paredes estiverem frias e úmidas, há sol de menos ou umidade demais.
  • faltam alguns azulejos e outros estão soltos ao bater levemente? Avalie se vale à pena incluir gastos de troca de revestimento nas despesas.
  • verifique as instalações hidráulicas abrindo torneiras e acionando descargas sanitárias. Veja se há ferrugem, vazamentos ou distribuição insuficiente, que demandam reparos ou até mesmo a troca das tubulações ou de todo o sistema hidráulico.
  • veja se a quantidade de tomadas atenderá à sua necessidade em cada cômodo. Acenda todas as luzes de uma vez e veja se cairá a intensidade, o quadro elétrico pode estar mal dimensionado, o que exigirá reparos. Procure por uma ponta de fio e veja se é de pano ou se o revestimento plástico está ressecado (deverá ser substituído por fiação antichamas).

Incidência de sol e circulação de ar

Pode parecer detalhe, mas esses fatores são muito importantes na avaliação do imóvel a ser adquirido, pois pode diminuir o conforto interno e até favorecer o aparecimento de fungos e mofo, nocivos à saúde. Ao conhecer o imóvel, abra todas as janelas e verifique a ventilação. Olhe também os armários, quando houver, abrindo-os e verificando se há infiltrações e cheiro de mofo. Veja também se há incidência de luz solar e certifique-se de que a incidência de sol nas paredes externas atende à sua preferência (se é sol da tarde ou sol da manhã, ou ainda, quais os cômodos que recebem maior incidência de calor).

Escolhendo o condomínio

Não leve em conta apenas o estado do imóvel, as condições do prédio muitas vezes são mais determinantes. Veja com o síndico:

  • as reclamações mais comuns dos moradores;
  • o valor do condomínio;
  • se há muitos condôminos inadimplentes;
  • se existe um fundo de reserva para bancar despesas caras, como a troca das instalações elétricas e hidráulicas do edifício;
  • se os moradores são na maioria proprietários ou inquilinos - no segundo caso, é mais difícil fazer grandes obras que valorizem o edifício;
  • conheça a convenção do condomínio, que dita regras de convivência, de cobrança e determina as normais gerais, como restrições, presença de bichos de estimação, horários e lei do silêncio.